MEI: Como saber quanto vale meu negócio?

Uma dúvida que muitos microempreendedores passam é como saber quanto vale seu pequeno negócio MEI. Afinal de contas, essa é uma informação muito útil, ainda que a maioria dos empreendedores não perceba o quão útil ela é ou quais são os benefícios que você pode colher delas — especialmente se o seu negócio for de pequeno porte, como é a lei para os 11 milhões de MEIs do Brasil.

Atualmente, um MEI não pode ganhar mais do que R$ 81.000,00 por ano. Uma mudança nesse valor foi aprovada, mas ele segue baixo e ainda não foi sancionado para entrar em efeito. Por isso, um Microempreendedor Individual é, como o nome já indica, dono de um micro negócio. Assim, ele pode acreditar que entender como saber quanto vale seu pequeno negócio não é importante, mas é.

Quer aprender como saber quanto vale seu pequeno negócio? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Como saber quanto vale seu pequeno negócio: 3 opções

1. Calcule você mesmo

A primeira forma de conseguir saber quanto vale o seu pequeno negócio é calculá-lo você mesmo. Para isso, você precisará aprender os dois principais métodos de valuation do mercado (explicaremos quais são a seguir) e usá-los a seu favor para o cálculo.

No entanto, tenha em mente que isso não significa, de forma alguma, que você conseguirá usar esse tipo de cálculo em uma reunião para atrair um investidor ou para vender a sua empresa. Afinal de contas, o seu valuation do seu próprio negócio não tem valor oficial (a não ser que você seja um consultor do assunto, claro).

Portanto, aprender as fórmulas de valuation só ajuda se você quiser ter uma previsão ou estimativa de quanto vale a sua empresa.

Veja a seguir os dois principais métodos de valuation do mercado!

Fluxo de Caixa Descontado

O Fluxo de Caixa Descontado é a forma de avaliação de empresas mais usada do mercado atualmente. O seu foco é medir a capacidade que o negócio tem de gerar lucro constantemente. Para isso, o método usa três fatores: fluxo de caixa, crescimento e risco. Usando esses três elementos, é possível calcular qual é a capacidade da empresa de gerar lucro e, assim, quanto ela vale.

Um dos seus grandes benefícios é que esse método de valuation consegue traduzir alguns fatores da empresa que são subjetivos. Por exemplo, a sua marca, carteira de clientes, competência da gestão e muito mais.

Múltiplos de Mercado

A metodologia de Múltiplos de Mercado é aquela que entende o valor de uma empresa em contraste com a de outros negócios. Por exemplo, ela olha uma empresa mais ou menos do mesmo nível e que se saiba o valor e compara a sua métrica com as daquela empresa.

Por exemplo, suponha que você tenha uma lanchonete na cidade de São Paulo e você venda 80% da quantidade de lanches que outra lanchonete da cidade vende. Vamos chamá-la de Lanchonete Rival.

Você também sabe que a Lanchonete Rival fez um valuation recentemente e seu valor de mercado é de R$ 300.000,00. Como você vende 80% da quantidade de lanches que a Rival vende, seu valor de mercado é 80% do dela de acordo com a metodologia Múltiplos de Mercado (algo como R$ 240 mil).

2. Contrate um consultor

Se o valuation feito por você mesmo não vale para uma negociação, então a sua alternativa é procurar por um consultor especializado. Existem muitos profissionais treinados para isso no mercado, a maioria deles trabalhando em empresas focadas em valuation.

O grande problema para pequenos empreendedores é que contratar um consultor para isso não é barato. Pelo contrário: o valor de um valuation do tipo custa, no mínimo, R$ 15 mil. 

Considerando um MEI, por exemplo, que só pode ganhar R$ 81 mil reais, isso equivale a quase 20% do seu faturamento máximo. Fica pesado para contratar, claro.

3. Use uma plataforma de valuation

A terceira alternativa, mais indicada para pequenos negócios, é a de contratar uma ferramenta de valuation. A principal opção do mercado brasileiro é a Valutech.

A empresa é fundada por consultores de valuation e usa Inteligência Artificial e Big Data para chegar ao valor das empresas do cliente de maneira instantânea. O seu valor também é muito mais acessível: ao redor de R$ 200 para usar.

Por isso, essa é a alternativa mais indicada para quem quer um relatório de valuation para levar a uma mesa de negociação, mas tem uma empresa de pequeno porte e não consegue gastar o valor completo de um consultor no mercado.

Pronto! Agora que você viu como saber quanto vale seu pequeno negócio, é hora de colocar essas dicas em prática para aprender a avaliar a sua empresa e ter uma estimativa desse valor. Com esse documento em mãos, você conseguirá arranjar financiamentos mais baratos, atrairá investidores e organizará a entrada e saída de sócios da sua empresa (caso queira deixar de ser MEI).

 Jornal Contábil

Compartilhe

Posts Relacionados

Veja abaixo mais Notícias para o seu negócio